10 set 2012

AS UVINHAS DO RUSSOMANNO (PARTE 2 – BANANAS)

Quando divulgamos os vídeos do candidato do PRB à prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, entrevistando – e eventualmente apalpando – mulheres na época em que cobria bailes de Carnaval no Rio de Janeiro, o ex-repórter não gostou.

Segundo Celso, publicar os vídeos foi “jogar o nível da campanha no esgoto”, afinal, seria conteúdo voltado “para maiores de 18 anos” (?!?) e crianças poderiam assistí-lo. Não é verdade.

Primeiro, porque, como dissemos no post anterior, a ideia nunca foi fazer campanha contra ou a favor do candidato. Um homem público deve saber que gera interesse em volta de seu nome e, por isso, gavetas acabam abertas. Sobretudo quando concorre ao cargo de prefeito da maior cidade do Brasil. Os vídeos, por exemplo, estavam no YouTube desde abril. Se fossem de qualquer digníssimo político de São Paulo, como Haddad, Serra ou Tiririca, chamariam a atenção e seriam publicados do mesmo jeito.

E segundo que, hoje em dia, menores de 18 anos podem ver e ouvir coisas bem piores nos próprios celulares ou até mesmo na TV aberta. Onde, aliás, os vídeos em questão foram originalmente veiculados.

O fato é: se Celso Russomanno não gostou dos vídeos, poderia contar com uma assessoria mais atenta, que localizaria o conteúdo antes de publicarmos. Ou melhor, orientaria o candidato, em vez de dizer que baixamos o nível de uma campanha da qual não fazemos parte, a sorrir, assumir que fez os vídeos quando era mais jovem e dizer que, hoje, mais experiente e amadurecido, não repetiria a empreitada.

Soaria mais honesto e humano.

Maaaaaaaaaaaaas… como sabemos que isso normalmente não acontece, resolvemos fazer a nossa parte e mostrar que, aqui, também há outro lado da moeda. Por isso, mostraremos que Celso Russomanno não teve um passado apenas entrevistando mulheres seminuas, mas homens seminus também!

Sim, senhoras e senhores! Estando bom para ambas as partes, com vocês, mais um vídeo da série “Seu Passado Te Condena” (ou “Liberta”, sei lá): Celso Russomanno no Clube das Mulheres! Aêêêê!!!

Repetimos: não temos qualquer relação com quem disponibilizou os vídeos no YouTube, mas, se tivesse de arriscar um responsável por isso tudo, chutaríamos que foi o Maluf que fez.

Enviado por @techuto.

comentários
comentários