21 jul 2007

ESPORTE RADICAL

Grupo seqüestra jovem para conseguir senha de game

Uma quadrilha foi presa por policiais civis do Divisão Anti-Seqüestro de São Paulo acusada de seqüestrar um jovem para conseguir sua senha no jogo GunBound.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, Anderson Faquini, 19, Alexsander Kaiser Pereira, 27, Tamires Rodrigues Vieira, 19, e Igor da Silva Carvalho, 27, atuaram em conjunto no seqüestro relâmpago de um jovem que é líder do ranking de GunBound, game que só pode ser jogado on-line, por meio de servidores repletos de usuários de todo o mundo.

Assim como em um RPG (sic), quanto maior o número de vitórias conquistadas, mais pontos de experiência são ganhos e, com eles, o dinheiro virtual necessário para comprar armas e equipamentos para sua equipe.

A intenção da quadrilha era obrigar o jovem a fornecer sua senha para que eles vendessem a pontuação – e o lugar no ranking – por R$ 15 mil. Para conseguir atrair o jovem, a quadrilha se valeu da namorada de Igor, Tamires. Ela entrou em contato com o jovem pelo Orkut e tentou comprar a sua pontuação no ranking. Como não teve sucesso na investida, marcou um encontro com o jovem em um shopping de Guarulhos (Grande São Paulo). No dia marcado para o encontro, Tamires não apareceu. Em seu lugar foi Igor, que estava armado e rendeu o jovem.

O restante da quadrilha esperava a senha pelo telefone celular, mas como o jovem não a revelou nem com uma arma apontada para sua cabeça durante cinco horas, o grupo desistiu e liberou a vítima.

***

Mountain Bike? Base Jump? Wakeboard? Parkour? Esqueça.

Ser nerd é muito mais emocionante!

comentários
comentários