27 abr 2008

FARO JORNALÍSTICO

Mulher diz ser amante de Roberto Cabrini; jornalista nega

Em depoimento dado no 100º Distrito Policial de São Paulo, a comerciante Nadir Dias da Silva, de 50 anos, afirmou ser amante do repórter Roberto Cabrini e que ele seria usuário de drogas.

Nadir estava com Cabrini quando o jornalista foi detido em flagrante com dez papelotes de cocaína e indiciado por tráfico de entorpecentes.

Durante seu depoimento, Cabrini alegou que Nadir é uma de suas fontes e que a conheceu quando fazia a cobertura da onda de ataques do PCC em maio de 2006. O jornalista negou qualquer envolvimento amoroso com a comerciante.

Cabrini disse ainda disse que a droga encontrada em seu veículo seria parte de uma armação para incriminá-lo.

***

Sei não, mas pela foto, imagino o Cabrini, do alto de toda sua credibilidade, austeridade e fleuma jornalística, argumentando com o delegado: “Fala sério, Doutor. Eu teria de estar muuuuito cheirado para sapecar um ‘tracajá-bandeira’ desse, né? Ratatá!

comentários
comentários