05 jan 2009

KIBE DE OURO 2008 – RESULTADOS

Kibe de Ouro 2008Chegamos ao fim do Kibe de Ouro 2008. Infelizmente o Google Docs não aguentou o tranco (não recomendo) e só registrou as seis primeiras horas de votação. No fim das contas, isso gerou a má e a boa notícia. A má é que não pudemos ultrapassar a marca de 1,7 MILHÕES de votos do ano passado. A boa é que foram registrados mais de 150 MIL votos nesse período. Ou seja, mais de 7 VOTOS POR SEGUNDO. Ora, esse número, além de render uma projeção de encher os olhos, qualitativamente falando também é legítimo. Afinal, o curto período de votação não deu margens a armações orquestradas por fãs-clubes e… bem… se o Ibope pode trabalhar com amostras, por que o Kibe Loco não poderia?

Pode. E você também pôde manifestar-se por aqui. Vamos, então, aos resultados. Sempre lembrando que nem todos os resultados refletem a opinião do site.

Pior livro:

1º – “O Vencedor Está Só” (Paulo Coelho) – 39%
2º – “Transformando Suor em Ouro” (Bernardinho) – 31%
3º – “Crepúsculo” (Stephenie Meyer) – 10%

Depois de um ano afastado do topo, Paulo Coelho voltou com força total e abocanhou o troféu de pior livro com sua literatura mágica (aquela que faz sumir vírgulas). Mas o mago deu sorte. Se a eleição fosse em julho, Bernardinho teria ficado com o ouro. Pelo menos aqui.

Pior filme:

1º – “O Guerreiro Didi e a Ninja Lili” – 38%
2º – “High School Musical 3” – 28%
3º – “Fiz Pornô e Continuo Virgem” – 26%

Esqueçam a Caroline Miranda. Se há uma p*%#ta velha de respeito no cinema nacional, ela é… Renato Aragão. O cara é um dos maiores produtores nacionais, é um comediante respeitável, mas… alguém precisa avisá-lo que a filha dele é muito legal, muito talentosa e muito bonitinha. Para ele.

Pior novela:

1º – “Os Mutantes” (Record) – 50%
2º – “Dance Dance Dance” (Band) – 22%
3º – “Negócio da China” (Globo) – 19%

Dessa vez não teve para ninguém. Ao contrário do ano pasado, os “X-Men de Inhaúma” levaram o Kibe de Ouro.

Sabem o que isso significa? Que a novela piorou depois que Preta Gil saiu da Record.

Medo. Muito medo.

Pior programa de TV:

1º – “Superpop” (Rede TV!) – 27%
2º – “Zorra Total” (Globo) – 26%
3º – “A Turma do Didi” (Globo) – 21%

O “Zorra Total” parece estar pagando o pato de alguns anos atrás, quando o programa era bem pior que o atual. Hoje, apesar de ainda contar com o humor de bordão, tão criticado por aqueles que “humoristas-que-se-intitulam-inteligentes-apesar-de-escreverem-cu-com-acento-e-morrerem-de-inveja-de-quem-trabalha-lá”, o programa conta com um bom elenco e abriga boa parte do que há de melhor na safra “stand-up comedy” na redação. E isso deve ter sido o fiel da balança na hora de premiar Luciana Gimenez e seus debates sobre as verrugas anais do travesti que jura estar grávido do papagaio do ex-BBB Rodrigo (ou algo do gênero).

Pior ator:

1º – Dado Dolabella – 75%
2º – Ricardo Macchi – 10%
3º – Kayky Brito – 8%

Dado Dolabella, para variar, sapecou a maior vantagem dessa votação. Pelo menos, até eu criar a categoria “Melhor safanão na fuça da Luana Piovani”.

Pior atriz:

1º – Preta Gil – 56%
2º –
Luana Piovani – 18%
3º – Carolina Dieckmann – 10%

Só para constar: os números acima são PORCENTAGENS e não manequins, ok?

Grato.

Próximo!

Pior apresentador:

1º – Diego Alemão – 50%
2º – Supla e João Suplicy – 19%
3º – Faustão – 15%

Dessa vez, Diego Alemão nem precisou fazer caras e bocas para uma câmera “escondida” e citar os pensamentos proféticos do papai dele para vencer uma votação, né? Haja popularidade!

Pior apresentadora:

1º – Íris Stefanelli – 46%
2º – Xuxa – 16%
3º – Luciana Gimenez – 15%

Já lhes ocorreu que a Íris talvez seja um misto das outras duas abaixo dela? Pensem nisso.

Ou melhor, não pensem, não.

Pior música:

1º – “Amigo Fura Olho” (Latino) – 33%
2º – “Créu” (MC Créu) – 30%
3º – “Pó Pará Com Pó” (Jake) – 17%

MC Créu não perdia para uma música tão tosca desde o último VMB

Pior cantor:

1º – Dado Dolabella – 49%
2º – Roberto Justus – 29%
3º – MC Créu – 11%

Dado Dolabella, para variar, sapecando outra grande vantagem dessa votação. Pelo menos até eu criar a categoria “Pior ‘não está na cadeia não sei por quê'”.

Pior cantora:

1º – Mulher-Melancia – 44%
2º – Ângela Bismarchi – 27%
3º – Gretchen – 10%
3º – Mallu Magalhães – 10%

Se eu tivesse apostado dinheiro nessa categoria, estaria pobre. Poderia jurar que Ângela Bismarchi bateria fácil suas rivais. Mas ao que parece, o povo dá mais valor ao que é bizarro por natureza. Aquele bizarro moleque. O bizarro maroto de antigamente. E não esse bizarro plastificado de hoje em dia.

Em tempo: tivemos um empate na terceira colocação. Gretchen e Mallu Magalhães dividiram o bronze. Aproveite para tirar uma foto. Dificilmente você verá esses dois nomes juntos novamente.

A menos que você seja a mente perversa, libidinosa e de gosto duvidoso do Marcelo Camelo. Aí você pode até jogar o Nelson Ned e o Chico Buarque na história.

Pior banda:

1º – Calypso – 33%
2º –
NX Zero – 25%
3º – Nove Mil Anjos – 24%

Só digo uma coisa: sacanagem com Chimbinha, o “deus da guitarra”.

Pior do esporte:

1º – O Vasco, que vai fazer clássico carioca contra o Duque de Caxias na segundona ano que vem. – 17%
2º – Rubinho Barrichello, que não teve coragem de dar uma porrada no carro do Lewis Hamilton e, assim, dar a volta por cima na carreira. – 16%
3º – O Flamengo, que foi eliminado da Libertadores em pleno Maracanã pelo gordinho Cabañas e, para terminar o ano, deu uma de cavalo paraguaio no Brasileirão. – 13%

Na briga dos vices, deu Vasco na cabeça. Rubinho até que liderou por um tempo, mas a equipe mandou deixar o time de São Januário passar e aí não há sina que dê jeito.

O Flamengo, ao contrário do que ocorreu no último Brasileirão, beliscou uma vaguinha na última rodada. Já o Fluminense, quarto colocado, perdeu a final nos pênaltis. Típico.

Pior da política:

1º – Os critérios do Poder Judiciário, que aliviam figuras como Daniel Dantas e Paulinho da Força enquanto mantêm a pichadora da Bienal atrás das grades. – 29%
2º – Marta Suplicy, que fez ataques pessoais contra Gilberto Kassab e acabou tomando no… digamos… no Supla. – 27%
3º – Os cariocas, que deram mole, não elegeram Fernando Gabeira para prefeito e ainda tiveram de engolir, antes do fim do ano, algumas quebras de promessa de Eduardo Paes, que fez o favor de nomear a médica Jandira Feghali para a Secretaria de… Cultura? – 20%

Em 2006, o prêmio foi para o Poder Legislativo. Em 2007, o prêmio foi para o Poder Executivo. E em 2008, o prêmio foi o Poder Judiciário.

Vamos torcer para que em 2009 o Kibe de Ouro vá para o Poder Paralelo.

Mico do ano:

1º – Ronaldo Fenômeno e sua orgia com travecos na Barra da Tijuca. – 63%
2º – O repórter iraquiano, que conseguiu errar dois sapatos no Bush daquela distância. – 13%
3º – A epopéia de Marcelo Silva, ex-marido de Susana Vieira, que foi expulso da polícia, arrumou uma jovem amante, teve uma overdose e morreu de sunga branca na garagem de um flat. – 12%

Ronaldo mostrou que é mesmo um atle… digo… uma personalidade de peso e dominou com facilidade uma das mais importantes categorias do prêmio. O negócio foi tão emblemático que Ronaldo não ganhará apenas um Kibe de Ouro, mas sim três, carinhosamente apelidados de “Andreia”, “Carla” e “Veyda”.

Mala do ano:

1º – Dado Dolabella – 25%
2º – Marcelo Silva (in memoriam) – 15%
3º – Luana Piovani – 12%

Dado Dolabella, para variar, sapecando outra grande vantagem dessa votação. Pelo menos até eu criar a categoria “Pior argentino”.

Não… ele não é argentino, mas tenho certeza que ele bateria Simeone, Verón, Riquelme, Cambiasso e até o Maradona no quesito.

Duvida?

comentários
comentários